admin

06 maio 2014

Nenhum comentário

Desenvolva a sua comunicação

Redes Sociais tornaram-se um dos mais influentes meios de comunicação.

Para o movimento estudantil são essenciais para organizar e informar os membros de um Diretório Central dos Estudantes ou de um Centro Acadêmico, além de ampliar as reivindicações.

 

Com a  força de comunicação dessas redes, o chamado Midiativismo, torna-se mais eficiente, pois é dessa forma que se fura o bloqueio da informação proveniente da grande imprensa.

 

É uma maneira de chegar a mais pessoas e capaz de informar com qualidade. No próximo sábado, dia 10/05, o Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, na região central da capital , irá realizar a Oficina de Blogueiros _ Comunicando na Redes Sociais.

 

No evento serão realizadas quatro práticas: oficina de vídeo, oficina de jornalismo colaborativo, oficina de fotografia e oficina de diagramação (detalhes abaixo), com a intenção de desenvolver adequadamente habilidades para coberturas e para comunicação.

 

Os participantes devem trazer computadores e celulares para participar das oficinas.

 

A coordenadora do núcleo de SP do Centro de Estudos Barão de Itararé, Ana Flavia, explica que o objetivo do evento é desenvolver a técnica para cobertura  e colaboração na mídia.  “Existem linguagens adequadas para os diferentes meios e mensagens, e com uma formação é possível qualificar essa atuação em coberturas e alcançar o maior número de pessoas, diminuindo o monopólio midiático da grande imprensa”, afirma a coordenadora.

 

O Midiativismo ficou conhecido no ano passado com a atuação do Mídia Ninja e suas coberturas em tempo real de manifestações e assembleias populares. Dessa forma, é considerado um “divisor de águas” na comunicação. Imagens captadas em câmeras de celular e notícias publicadas no mesmo minuto em que ocorrem,  mudaram o conceito de mídia de massa (grande imprensa), e elevou a importância da “massa de mídias”.

 

De acordo com Altamiro Borges, fundador do Centro de Estudos, desenvolver essa comunicação faz parte do momento atual, em que se discute muito mais a necessidade de uma informação democrática. “Há consenso que não dá para mais para aceitar passivamente uma mídia altamente monopolizada e com grande capacidade de manipulação da sociedade, que coloca em risco a própria democracia no Brasil”, afirma.

 

 

Local:

Endereço: Rua Taguá, 179 – Liberdade – próximo ao Metrô São Joaquim

Evento Gratuito

Inscrição pelo email baraoitarare@gmail.com

 

.
Grade de oficinas:

 

  • Oficina de Vídeo: Anderson Lima, oficineiro do MIS ( Museu da Imagem e do Som).

Foco: técnicas de vídeo para internet. De captação ao áudio.


Oficina  de Jornalismo Colaborativo: por Claudia Rocha, do Barão de Itararé e Érica Aragão, da TVT
Foco: aptidão e noção para notícias de denúncia. Da pauta à finalização

  • Oficina de Fotografia: pela jornalista e fotógrafa da TV Record, Carolina Conti e pela fotógrafa Tatiana Vanconcelos.

Foco: desenvolvimento da sensibilidade para destacar temas sociais e relevantes. 

*  Oficina de Diagramação: pelo Coletivo Fora do Eixo.

Foco: movimentos básicos da diagramação para transmitir uma mensagem clara e objetiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *