admin

23 abril 2014

Nenhum comentário

UEE SP sempre presente

A UEE São Paulo coloca o seu site no ar para ampliar a discussão do movimento estudantil e suas reivindicações. Nele, vocês poderão checar notícias sobre educação no estado, eventos, informações sobre o que acontece em escolas, faculdades, universidades, lutas e muito mais. Esse é um portal de informações dos estudantes, em que ele encontra apoio para mobilizar, para melhorar sua instituição, a cidade, o estado e por aí vai.

 São Paulo é um dos estados brasileiros que mais necessita de atenção quanto à questão da educação. É o lugar onde fica escancarada a política de administração neoliberal, basta tomar como exemplo a situação das FATEC’s e ETEC’s, que servem como bandeira eleitoral, de popularização, mas, que na realidade tem pouco da estrutura apresentada na propaganda do governo do estado, e que colocam os “filhos” do ensino público, para estudar em uma escola precária, sem qualquer adequação ao modelo que tenta divulgar.

Os estudantes da escola pública buscam as escolas técnicas e de tecnologia como formação superior e profissional, porém não há qualquer incentivo aos estudos, como bolsas de iniciação científica.

Por outro lado,  as Universidades Públicas Estaduais ( USP, Unicamp e UNESP) tem esmagadora maioria de alunos das elites, que tiveram formação em ensino fundamental e médio em escolas privadas. E uma das bandeiras da nossa luta é pela democratização dessas universidades, esse é um dos fatores que, com certeza, contribui para a redução da desigualdade.

Em março construímos a Jornada de Lutas da Juventude, um período intenso de manifestação e organização da juventude de diversos movimentos sociais e entidades estudantis. No primeiro dia, 26/3, a UEE São Paulo começou uma mobilização com estudantes das universidades privadas na Rua Vergueiro, buscando mais qualidade para o ensino, passe-livre para os estudantes bolsistas do ProUni e Fies.

A manifestação seguiu até o Centro de Operações do Metrô, no Paraíso, e realizamos uma faxina simbólica reivindicando a CPI das licitações do Metrô do governo do estado do PSDB.

Nesse dia, também aconteceu uma vitória inédita: o plano de carreira dos funcionários e professores do Centro Paula Souza, entidade que administra as ETEC’s e FATEC’s, foi aprovado pela Assembléia Legislativa.

E agora, os estudantes se organizam para que a pautas estudantis também sejam colocadas em práticas, como a liberação de  wi-fi nos prédios, a melhora dos prédios e suas estruturas e assistência estudantil, com mais bolsas de incentivo à pesquisa.

Além disso, corre em discussão um projeto de adequação ao espaço público  e assistência estudantil para os estudantes, e já foram apresentados ao prefeito Fernando Haddad e seus secretários. Um deles é o Fechamento da Taguá, local em que transitam milhares de  pessoas  diariamente das maiores universidades privadas do país. O local será fechado para veículos e se torna, assim, um calçadão, espaço cultural e de integração desses alunos e a também foi solicitada a construção de um bandejão no Corredor Vergueiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *